sexta-feira, 23 de abril de 2010

Próprias mentiras

"Quem 'acha' não sabe NADA!"

"Cuide do seu nariz;
você fala demais!
Não fui eu que pedi;
se o teu conselho fosse bom
tu vendia...

Eu não quero ouvir
onde foi que eu errei;
não foi assim que eu quis.
Infelizmente foi em você
que eu me espelhei...

Fui eu quem ficou na casa vazia!
Você deixou suas tralhas,
agora tira!

Mais fácil julgar do que ter que olhar
prás próprias mentiras.
Mas agora chega!
Não sou ovelha negra
nem qualquer menina...

Agora preste atenção
e me deixe falar:
aprendi a dizer não
(Não!)
Já chegou a hora
de me libertar...

Mais fácil julgar do que ter que olhar
prás próprias mentiras;
tentar esconder
pra não ter que ver onde dói a ferida...
Mais fácil julgar
e acreditar nas próprias mentiras;
tentar esconder pra não ter que ver
onde dói a ferida da vida..."

(Porque eu me lembrei dessa música hoje...)

Um comentário:

  1. Nossa ficou tão legal esse tetxo a fota..gostos de se ler...
    um xero flor!

    ResponderExcluir

Quer falar? À vontade!